18 julho

ArchiTaks: mais estrelas na constelação do segundo dia do UIA2021RIO

A intensa programação do UIA2021RIO nesta semana especial de julho […]

A intensa programação do UIA2021RIO nesta semana especial de julho traz também uma série de ArchiTalks – palestras com cerca de 20 minutos de arquitetos e pensadores do ambiente urbano dos mais diversos países e regiões.

Nesta segunda-feira, 19, teremos:

 

Dong Gong (China)

Dong Gong, fundador e diretor da Vector Architects, foi eleito Membro Estrangeiro da Academia Francesa de Arquitetura em 2019 e, no mesmo ano, foi nomeado Professor Visitante Distinto da Plym na Universidade de Illinois em Urbana-Champaign. É professor da Tsinghua University desde 2014 e frequentemente convidado como palestrante por instituições acadêmicas como a Universidade Técnica de Madrid (Espanha), a Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (EUA), o Instituto Federal Suíço de Tecnologia Zürich-ETH (Suíça) e a Société Franç des Architectes (França). Participou da Bienal de Veneza 2018; ganhou prêmios internacionais como “100+ Best Architecture Firms” da Domus (2019); Archmarathon Awards, da Itália (2016); e “Design Vanguard” da Architectural Record (2014). As obras mais representativas da Vector incluem a Seashore Library, a Seashore Chapel, o Alila Hotel, em Yangshuo, o Museu de Arte de Changjiang e o Centro Cultural Intangível de Suzhou.

 

Estúdio Chão (Brasil)

O Estúdio Chão é um ateliê de projetos de arquitetura e cenografia sediado no Rio de Janeiro, fundado em 2015 pelos arquitetos Adriano Carneiro de Mendonça e Antonio Pedro Coutinho. Com mais de doze anos de experiência, os dois criam e colaboram em projetos de expografia, arquitetura efêmera, instalações artísticas, arquitetura de interiores, residências, museus, bibliotecas e centros culturais, além de cenários para dança e teatro. Seus projetos buscam expandir a ação e pensamento da arquitetura no encontro com as artes visuais e cênicas, ampliando sua interlocução no campo da cultura. Nos últimos anos, o estúdio vem desenvolvendo uma série de propostas de provocação e ativação do espaço público por meio de instalações temporárias, com destaque para a obra Transborda, no Museu de Arte do Rio, e a Ocupação Conexidade, na Praça XV. O estúdio foi vencedor do II Prêmio Reynaldo Roels Jr. (2016), do VI Prêmio Casa Claudia Design de Interiores (2016), da 51a Premiação Anual do IAB-RJ (2013), entre outros.

 

Laurent Troost (Brasil)

Laurent Troost nasceu em Bruxelas (Bélgica) mas em 2008 fixou seu escritório, Laurent Troost Architectures, em plena Selva Amazônica, em Manaus (Brasil), onde desde 2013 também é Diretor de Planejamento Urbano do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb). Antes de se fixar no Brasil, trabalhou para escritórios de arquitetura na Bélgica, Espanha, Holanda. Colaborou  com Rem Koolhaas no Office for Metropolitan Architecture (OMA) de Roterdam (Holanda), em projetos como o Renaissance Tower, em Dubai, o novo Aeroporto Internacional de Jeddah, na Arábia Saudita, e a sede da CCTV em Pequim. Entre 2002 e 2009 foi vice-presidente da Associação de Arquitetos de Bruxelas (SADBr). Entre seus projetos de destaque estão a Casa Campinarana, em Manaus, vencedora do prêmio Deezen 2019, e o Pier Parintins, selecionado para a exposição “Arquitetos Escondidos”, do Seoul Hall of Urbanism and Architecture, na Coreia do Sul.

Laurent tem Mestrado em Arquitetura e Urbanismo pelo Institut Supérieur d’Architecture Intercommunal Victor Horta (ISAIVH) de Bruxelas e pós-graduação em Geografia e Cidades pela Escola da Cidade, São Paulo.

 

Sonali Rastogi (Índia)

Formada pela School of Planning and Architecture, de Nova Delhi, e pela The Architectural Association, de Londres, Sonali Rastogi é sócia-fundadora da Morphogenesis, uma das mais destacadas e premiadas empresas de arquitetura da Índia, com escritórios em Mumbai, Bengaluru e Nova Delhi. Morphogenesis foi classificada nove vezes consecutivas entre as 100 melhores empresas de design arquitetônico em todo o mundo pela Building Design Magazine, Reino Unido. Soma mais de 100 prêmios internacionais e nacionais,entre eles o do Instituto Indiano de Arquitetos (IIA) e Prêmio Getz do Instituto de Arquitetos de Cingapura. Entre seus projetos estão o da British School, em Nova Delhi, com paredes perfuradas e espaços subterrâneos, para combater o calor; o complexo de escritórios Surat Diamond Bourse, e a filial de Kolkata da My Fortune Hotels.

Sonali também é fundadora da Manthan, plataforma de compartilhamento de ideias, membro do IIA, da RSA (Royal Society of Arts, Reino Unido) e do conselho da Delhi Urban Arts Commission.

 

Foto de capa: British School, Nueva Delhi / Sonali Rastogi