POR

Ambiente virtual acolhe o debate sobre o futuro da cidade “real”

08/07/2020

“Nunca se promoveu tanto o debate sobre arquitetura e urbanismo”. O comentário do arquiteto Celso Rayol Jr., palestrante do UIA2021RIO, foi feito em uma das tantas conferências virtuais que vêm sendo realizadas desde o início da pandemia de Covid-19. O interesse pelo tema das cidades e suas possíveis novas conformações aumentou, assim como a preocupação com a desigualdade social e seus impactos. E os debates têm sido estendidos a diferentes atores da sociedade. “Estamos formando uma massa crítica que pode ser transformadora”, acredita Rayol.

Conselheiro do CAU-RJ (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro) e presidente da Asbea-RJ (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura do Rio de Janeiro), Celso Rayol participou do webinar promovido pela Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) junto ao presidente do Comitê Executivo do UIA2021RIO, Sérgio Magalhães. Rayol acredita que as mudanças necessárias nas cidades ocorrerão com ações coordenadas a partir da integração entre indústria, comércio, universidades, órgãos públicos. “Nós defendemos a cidade plural e para isso é importante não falarmos apenas aos nossos pares. Todo cidadão deve sentir-se como um co-autor da cidade. Para isso, é importante formar este cidadão, estender a todos o debate”.

Também professor da Pontifícia Universidade Católica (PUC), Rayol comenta que a produção acadêmica é muito rica, mas que é necessária a sua difusão: “o conhecimento que se produz na universidade não sai do espaço da própria universidade, não chega às mãos de prefeitos, por exemplo”.

Para Sérgio Magalhães, a pandemia escancarou as mazelas da cidade e está promovendo uma certa mobilização, mas “é preciso dar perenidade a esse movimento”. “As cidades precisam de transformação profunda e isso só ocorrerá se juntarmos esforços e produzirmos planos de médio e longo prazo. A cidade não vai sair da situação em que está no curto prazo e não é possível que, a cada volta do relógio eleitoral, se desfaça o que foi feito anteriormente”.

Sérgio Magalhães participou também de uma conferência virtual promovida pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), com a participação de outros dois arquitetos, Washington Fajardo, ex-presidente do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, e Miguel Pinto Guimarães, palestrante do UIA2021RIO. Fajardo abordou a questão habitacional e também defendeu que, para além de programas de habitação, as cidades precisam de “sistemas de habitação” – instrumentos que possam ser indutores de uma transformação sistêmica. E destacou o potencial da juventude moradora das periferias: “nos territórios informais há uma potência. Na periferia, temos o protagonismo de uma juventude que advoga por melhorias na cidade; precisamos desenhar sistemas que dialoguem com diferentes públicos”.

Para Miguel Pinto Guimarães, a arquitetura tem atualmente o papel de “consertar o presente”. Ele acredita que pequenas intervenções, pontuais e inteligentes, possam renovar o tecido urbano e destaca também a criatividade e a força motriz das populações de baixa renda.

Sérgio Magalhães pontuou, por fim, que o desenvolvimento das cidades é o que impulsiona o crescimento do país. “O Rio de Janeiro e o Brasil compreendem que se a cidade não supera seus problemas o país não assume a liderança que pretende”.

Ao longo do mês de julho (nos dias 9, 14, 16, 21 e 23, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, junto a outras seis entidades representativas de estudantes e profissionais da área, promove um ciclo de debates sobre os temas Arquitetura e Saúde, Cidades Sustentáveis, Governança e Financiamento, Paisagem e Patrimônio e Mobilidade e Inclusão.

E, no dia 11 de julho, a União Internacional de Arquitetos (UIA), por meio de sua comissão SDG (Sustainable Development Goals), participa do webinar do Urban Thinkers Campus, sobre o papel dos arquitetos na construção de cidades resilientes.



Realização

Promoção

Parceiros Institucionais

Apoio Institucional

Parceiro em Artigos & Projetos

Parceiros de Mídia

Agência de Viagens

Expo

Produção